Carreira e Sucesso Liderança Negócios e Empreendedorismo Sem categoria

Estilos de Liderança Para o Futuro

27 de março de 2019
Vanessa Brito

author:

Estilos de Liderança Para o Futuro

Estamos vivendo num tempo de profundas transformações. A revolução digital mudou a maneira como nos relacionamos e trabalhamos. O modelo de liderança que seguia a lógica da primeira revolução industrial e nos trouxe até aqui, não servirá para nos levar deste ponto em diante.

A lógica linear – de hierarquia vertical e lideranças centralizadoras – tem se mostrado menos eficiente neste cenário de mudanças exponenciais, disrupção tecnológica e conexão em tempo real.

 

Neste post vamos tratar das habilidades que têm se mostrado mais eficientes para liderança num mundo em transformação.  

Entenda o contexto

Não há dúvida sobre o impacto da inteligência artificial no mundo do trabalho. Os robôs vão acabar com milhões de postos, em funções repetitivas, ano a ano.  E com os robôs fazendo tarefas mecânicas, como nós manteremos a relevância profissional? Com nossas habilidades humanas. São elas, e não mais as competências puramente técnicas, os diferenciais para os profissionais daqui pra frente.

Estilo de liderança: feminino e masculina

As habilidades necessárias para liderar são essencialmente humanas – as virtudes não tem gênero. Porém, por uma série de fatores culturais, aprendemos a associar algumas competências aos homens e outras às mulheres.  E, inconsciente, provocamos meninos e meninas de formas distintas. O que, lá na frente, vai reforçar os estereótipos de gênero.

Na prática, no mundo dos negócios, por muitos anos as mulheres adotaram um estilo masculino para se afirmarem e conquistarem o seu espaço. Como só haviam exemplos de líderes homens, era neles que todos se espelhavam.

Evoluímos muito nas últimas décadas e hoje já não é preciso usar ombreiras e cortar os cabelos curtinhos para se afirmar como profissional. A medida que as mulheres conquistaram espaço nas corporações ficou claro o quanto a perspectiva feminina é valiosa para os negócios.  Por isso, levar diversidade às posições mais altas tem se tornado prioridade nas empresas.

Uma pesquisa da Mckinsey revelou que empresas que investem em diversidade de gênero têm retornos financeiros até 21% maiores que as demais.

Entenda porque a liderança feminina traz lucratividade

A liderança feminina é consultiva, aberta ao desenvolvimento de pessoas e construção de relacionamentos. Mulheres líderes buscam entender de forma integral as situações e fazer com que as pessoas se sintam valorizadas.

Veja como essas características estão alinhadas com os resultados das pesquisas mais recentes sobre competências para liderar na era digital.

Um estudo realizado pela gigante de tecnologia Cisco em parceria com a consultoria Meta Beratung revelou que líderes eficazes em ambientes disruptivos compartilham das seguintes características:

  • Humildade
  • Adaptabilidade
  • Visão
  • Engajamento

No mesmo sentido, uma pesquisa conduzida pela ONU afirmou que as 10 habilidades essenciais aos profissionais do futuro são:

  • Flexibilidade cognitiva
  • Negociação
  • Orientação para servir
  • Julgamento e tomada de decisões
  • Inteligência emocional
  • Coordenação com os outros
  • Gestão de pessoas
  • Criatividade
  • Pensamento crítico
  • Resolução de problemas complexos

Veja que são todas habilidades humanas, independem de gênero.  No entanto, muitas destas competências são mais facilmente encontradas nas mulheres, justamente por não terem sido culturalmente moldadas a atender aos critérios anteriores, da liderança linear e centralizada.

O mercado já têm muito do estilo masculino de liderança, essencial para o sucesso.  O ponto de equilíbrio que vai nos levar deste ponto em diante passa por trazer mais do que nós habituamos a associar ao feminino para o mundo do trabalho.  Diversidade não é apenas números semelhantes de homens e mulheres nos cargos mais altos. Mas esse é um começo.

O sucesso vem quando a diversidade – de etnia, pensamento, gênero, opiniões – presentes no universo dos consumidores, está representado também nas empresas.  Para isso, combinar as estilos de liderança – que são humanos, mas aprendemos a associar a masculino ou feminino – é essencial. Substituir um pelo outro não resolve.  Usar o melhor dos dois e ampliar as ferramentas de gestão para conseguir navegar num mundo de transformações tão velozes, parece ser o melhor caminho para todos nós, de todos os gêneros.

A liderança eficiente não é masculina ou feminina. É a melhor expressão do humano em equilíbrio.