Espelho, espelho meu…

Olá Escoletes, tudo bem com vocês?

Você já se olhou no espelho hoje?

Quantas vezes por dia você se olha no espelho? (Espelho mesmo, aquele pedaço de vidro que reflete a nossa imagem física).

E quando se olhou, olhou-se atentamente em todos os detalhes, ou olhou-se como quem folheia uma revista que ao final não sabe nem sobre o que era?

Existe o se olhar e ver e o se olhar e não se ver.

Esse olhar e não se ver é o mais comum. Nos olhamos, mas não nos enxergamos. Confuso! E você pensa: mas eu olho no espelho todas as manhãs para escovar os dentes, escovar os cabelos. E também me olho todas as noites para escovar os dentes e cabelos. Ok, mas quantas vezes você se enxerga?

Lembra da madrasta da Branca de Neve que todos os dias olhava para o espelho para saber se era bela ou não? Quantas vezes você já perguntou isso a você mesma, olhando no fundo dos seus olhos?

Amor <3

A madrasta fazia isso por medo da concorrência, mas você deve fazer por amor próprio! Amor a si mesma!

Olhar-se no espelho e se enxergar é um ato de amor com você mesma. Todo ser humano tem necessidade de se sentir bem, belo e estar de bem com a sua imagem refletida. Nossa imagem é o reflexo do que temos dentro de nós.

Parece simples, mas não é! Como conseguiremos encarar o mundo todas as manhãs, se não nos preocupamos em encarar a nós mesmas antes de sair de casa? Acredito que às vezes não será tarefa fácil, mas basta começar e perder (ou melhor, ganhar!) alguns minutos com você mesma. Afinal, quem não se gosta por fora, não se ama por dentro. Não por inteiro.

Cada uma de nós, independente de raça, classe econômica ou idade, é ÚNICA. Não há, entre bilhões de pessoas neste planeta, alguém que seja igual a você, e isso, por si só, já deveria nos fazer muito especiais. Só que não é bem assim, sabe por quê? Porque somos aquilo que acreditamos e vemos. E se acreditamos que não somos nada, nada seremos.

Precisamos nos enxergar: nosso rosto, nossos cabelos, nosso corpo, nossas roupas (ainda que simples), nossa aparência.

Estar bem cuidada = bem “amada”

Nos enxergar bem amadas, nos faz acreditar que somos especiais, únicas, e que ninguém é melhor que nós.

Repito, incansavelmente, para mim mesma e para que eu nunca me esqueça, que fomos agraciadas com o milagre da vida e este presente não nos é dado por acaso. Seria muito melhor se ao nascer nos fosse entregue um manual. Mas como não existe, vamos nos conhecendo e aprendendo, e aí entra a Escola de Você, que nos ajuda e muito, neste trabalho de descoberta e de enxergar a nós mesmas.

A Escola de Você nos mostra que nos amar e nos conhecer faz muito bem! E o bem se espalha ao nosso redor, e acredite: ele contamina! Então, forma-se uma corrente do bem e tudo volta para nós.

Nunca é tarde para começar a fazer o que nos faz bem. E falar com você mesma no espelho pode te ajudar e muito, é verdade. Muitas vezes a resposta está dentro de nós! Só não paramos para escutar.

Não importa se seu cabelo é liso, crespo, se você tem rugas, se tem muita ou pouca idade, o que importa é sentir-se bonito, à sua maneira, sentir-se bem com você!

Vamos nos gostar um pouco mais e nos dar um pouco mais de atenção todos os dias? Quem vive de bem consigo mesma, ama a vida e seus semelhantes e encara os problemas de forma mais fácil e mais leve.

E aí, já se olhou no espelho hoje?

*Paulimara Rodrigues é Embaixadora Escola de Você em São Paulo. É Consultora de Beleza, Empreendedora, Contadora, coautora do livro “Histórias Inspiradoras para Mulheres que Buscam se Reinventar”, participante do grupo Mulheres do Brasil, mãe de 3 filhos e feliz!

 

Escolete

Eu sou uma aluna da Escola de Você com muito orgulho <3
Você sabia? A Escola de Você traz dicas e cursos online para promover seu autoconhecimento e a autonomia feminina.

5 Comentários


  1. Precisamos nos olhar no espelho e enxergar as palavras do texto todos os dias.
    Pretendo lembrar do texto sempre.
    Obrigada.

    Responder

  2. Paulimara, querida!
    Você me fez lembrar de um dos exercícios mais PODEROSOS que fiz na vida: me olhar no espelho e dizer que eu era capaz de um desafio. O desafio era decorar um poema, e eu tinha 5 horas para decorar, dormir, tomar café, banho, e voltar a atividade que consistia em falar de cór aquele poema para toda a turma…
    Olhei no espelho e repeti várias vezes: eu me amo, eu sou capaz!
    Foi um momento mágico, onde me olhei verdadeiramente depois de muito tempo.
    Gratidão imensa por você despertar essa lembrança…
    Bjos no coração!

    Responder

  3. Belo texto ! Muito bom vc olhar no espelho e ver que vc é única. Levantar o astral e tentar superar todas as dificuldades com garra e determinação.
    Sucesso ????

    Responder

  4. Lindo o texto, desculpe o atrevimento, mas postei trecho do seu texto na minha página do facebook, devidamente com o nome da autora do texto :D.
    Paulimara, amei o texto de verdade, sempre quando fico desmotivada comigo, vou para o espelho e digo “Te amo”, no inicio, foi estranho, mas hoje vejo o quanto isso foi e é importante.
    Obrigada!
    Xero

    Responder

  5. Maravilhoso texto , as mulheres por exemplo mães e donas de casa assim como eu quase nunca se olham no espelho!
    Deus abençoe

    Responder

Deixe uma resposta